Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Casa do futuro testada em Helsínquia

Mäyjo, 20.02.14

Casa do futuro testada em Helsínquia

 

Nos arredores de Helsínquia, capital da Finlândia, os moradores de um bloco de apartamentos chamado Adjutantti estão a acostumar-se a uma vida inteligente. O edifício que habitam está dotado de sistemas de automação desenvolvidos pela multinacional suíça ABB, que lhes permitem supervisionar o consumo de electricidade e saber como poupar energia e dinheiro: um interruptor que actua quando estão em casa ou quando esta está vazia; ou a garantia de que a iluminação e o aquecimento nunca estão ligados desnecessariamente.

O edifício Adjutantti está a testar a forma como serão as moradias do futuro: edifícios que permitem aos seus habitantes desfrutar de níveis de controlo, segurança e conforto como nunca tiveram.

Algumas das soluções da multinacional suíça permitem controlar todos os sistemas de acesso à habitação, iluminação, aquecimento, ventilação e ar condicionado. Há ainda a questão do entretenimento, supervisão do edifício, janelas e estores, e telefones IP.

Veja como será, provavelmente, a casa do futuro neste link.

Segundo a ABB, a tecnologia já está disponível, mas a maior dificuldade é garantir a compatibilidade dos sistemas de automação do edifício com os diferentes equipamentos, electrodomésticos e serviços que existem no mercado. Para tal, a ABB colaborou com a Bosch, Cisco e LG para desenvolver uma plataforma comum de software, que permita que os produtos de diferentes fabricantes funcionem em conjunto para proporcionar serviços de automação, segurança e entretenimento.

Na verdade, as quatro empresas acabam de assinar um protocolo de acordo para, após a aprovação das autoridades que regulam a concorrência, desenvolverem um software aberto disponível a qualquer fabricante, criador de software ou fornecedor de serviços. Este software não só coordenará diferentes serviços em áreas como a gestão de energia, a tecnologia de segurança, ou electrónica de consumo, mas também evoluirá continuamente com aplicações móveis, dando assim mais possibilidades aos consumidores para controlarem o seu espaço residencial.

Um exemplo: no futuro, qualquer pessoa que compre um frigorífico, uma máquina de lavar, um sistema de aquecimento ou qualquer outro electrodoméstico que utilize software, esperará que cada electrodoméstico interaja e seja compatível com os restantes electrodomésticos da sua casa inteligente.

 

in: Green Savers